Agricultores ganham sementes para começar plantio no Sertão de PE

Com a aproximação da estação de chuvas, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) começa a distribuir as sementes de milho e feijão para os agricultores do estado. As sementes, distribuídas geralmente em dezembro, só começaram a ser entregues no final de janeiro devido ao período de seca no Sertão do Estado. A partir de março é a vez da região do Agreste e depois a Zona da Mata .

Aproximadamente 310 toneladas de milho e 115 de feijão já foram dadas aos agricultores do Sertão. “Já distribuímos uma boa parte e vamos continuar distribuindo sementes para os pequenos agricultores para que, na hora que chover, eles estejam com suas sementes em casa para plantar”, explica o gerente regional do IPA, João Batista Carvalho.

Para garantir a qualidade do produto, as sementes recebem cuidado especial no armazenamento. O galpão do IPA tem capacidade para receber 4 mil toneladas de sementes. O local, construído em Petrolina, no Sertão do estado, há pouco mais de um ano, atende aos requisitos exigidos pelo Ministério da Agricultura.

Entradas de ar mantêm o ambiente arejado e os palhetes de madeira evitam o contato das embalagens com o chão. As sementes recebem tratamento na usina de beneficiamento, onde são separadas das impurezas que vêm do campo quando passam pelas esteiras. Em seguida, elas são embaladas e armazenadas.

Os cuidados com as sementes não param mesmo depois que elas chegam aos galpões. Os lotes recebem uma lona de proteção para garantir a qualidade do produto.

Fonte: G1.com

Publicado às 09:49

Deixe seu comentário