ANA promove exposição sobre hidrometria no Brasil

Como parte das comemorações pelo Dia Mundial da Água, o diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, e o secretário de Estado de Cultura do Distrito Federal, Hamilton Pereira, inauguraram hoje (22) a Exposição Água na Medida Certa – A Hidrometria no Brasil, no Museu Nacional, em Brasília. A solenidade contou também com a presença do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, que assinou Acordo de Cooperação Técnica com a ANA para o desenvolvimento de ações comuns entre as instituições no âmbito dos recursos hídricos.

“Este tema merece nossa reflexão para vencermos o desafio do consumo da água para toda a população. O Ministério da Integração vai contar com o apoio e com a inteligência da ANA para que possamos fazer uma eficaz gestão dos recursos hídricos provenientes do Projeto de Integração do Rio São Francisco e do Programa Água para Todos”, afirmou o ministro.

O Acordo pretende estabelecer conjuntamente uma proposta de modelo de governança para o Programa Água para Todos e para o Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional, entre outros.

Exposição

A exposição “Água na Medida Certa – A Hidrometria no Brasil”, promovida pela Agência Nacional de Águas, apresenta de forma interativa e lúdica os avanços na caracterização da hidrologia brasileira. Junto com a exposição, a Agência lançou uma cartilha educativa, voltada principalmente aos professores e alunos do ensino fundamental, com informações sobre o ciclo hidrológico, as bacias hidrográficas, oferta e escassez de água, como a água é usada no mundo, etc.

Sobre a exposição, o diretor-presidente da ANA reafirmou sua importância especialmente para os jovens, para que eles sirvam de mobilizadores e difusores das boas práticas junto às atuais e às futuras gerações. “A humanidade não vive sem água e os jovens têm um grande potencial de mobilização. Precisamos envolvê-los no processo de conscientização e difusão, apresentando a eles a experiência que adquirimos ao longo dos anos”, enfatizou Andreu.

A exposição segue aberta à visitação até o dia 30 de março, no Museu Nacional, em Brasília, das 9h às 18h30, exceto no dia 26, pois o Museu não abre às segundas-feiras.

Texto:Ascom MI/ Ascom ANA

Foto: Flávio Serra / Banco de Imagens ANA

Blog do Banana

Deixe seu comentário