Anvisa suspende lotes de quatro medicamentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta quarta-feira (4) quatro lotes de medicamentos e a interdição cautelar de mais dois. As medidas foram publicadas pelo Diário Oficial da União.

O lote 3CG11 do Ciclofemme, que é uma pílula anticoncepcional, e o B11C0014 do Tegrex, remédio usado no tratamento de epilepsia, foram suspensos e terão os estoques recolhidos porque obtiveram resultados insatisfatórios em testes.

O lote 3387 do Valerimed, usado como calmante fitoterápico, também foi suspenso, por conter teores diferentes dos que constavam no rótulo.

Já o lote 1017109 da dextrose anidra 50 mg + cloreto de sódio 9 mg — suplemento alimentar produzido pela Equiplex –, foi suspenso e será recolhido do mercado por conter excesso de glicose.

O lote L17685 do Glicomet 850 mg, remédio usado por diabéticos tipo 2, obteve resultado insatisfatório no ensaio de variação de peso e passará por “interdição cautelar” de 90 dias.

A mesma medida será tomada com os lotes 100378 e 101364 do hidróxido de alumínio fabricado pela Mariol Industrial, que não foi aprovado no ensaio de aspecto. O genérico é usado como antiácido estomacal.

A interdição cautelar é uma medida preventiva que vale por um período de 90 dias na qual o produto não deve ser consumido e nem comercializado. Se o fabricante não apresentar nenhuma contraprova de que o produto esteja em boas condições, ele é suspenso ao fim deste prazo.

Fonte: G1

Blog do Banana

Deixe seu comentário