Blatter aceita convite para ir ao Senado discutir Lei Geral da Copa

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, encaminhou carta à Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, aceitando o convite para discutir a Lei Geral da Copa. Blatter queria que Jérôme Valcke, secretário-geral da entidade, o representasse, mas a comissão não aceitou o pedido, ainda em retaliação à declaração do francês de que o Brasil precisaria de um “chute no traseiro” para apressar o andamento das obras para a Copa do Mundo.

A Fifa chegou a afirmar na semana passada que Blatter não viria. Com isso, a entidade ficaria de fora da discussão do projeto que mais lhe interessa no Congresso Nacional. A informação da carta de Blatter aceitando o convite foi lida pelo presidente da comissão, Roberto Requião (PMDB-PR). O presidente da Fifa pede que seja negociada uma data para sua presença.

Requião deixou clara a surpresa com a concordância de Blatter em comparecer. Ele destacou que devido ao regimento isso fará com que a tramitação do projeto seja suspensa até a realização da audiência. Uma alternativa seria desvincular o convite do projeto, que poderia continuar tramitando, independente da data da presença de Blatter. A expectativa do governo é votar a Lei Geral da Copa na primeira quinzena de maio no Senado.

Fonte: Folha-PE

Blog do Banana

 

Deixe seu comentário