Casal morre durante incêndio em parque de diversões clandestino de FortalezaComente

Um casal morreu em um incêndio em um parque de diversões, na madrugada desta segunda-feira (6), no bairro Conjunto São Cristóvão, periferia de Fortaleza (CE). Os operadores de máquina Francisco de Assis Gomes dos Santos, 24, e a companheira dele, Auriete Carneiro de Araújo, 34, dormiam em uma barraca dentro do parque São Francisco quando o fogo começou. Os corpos dos dois foram encontrados já carbonizados pelo Corpo de Bombeiros.

Uma terceira pessoa, segundo a polícia, teria escapado do fogo logo no início do incêndio. Os moradores da área ainda tentaram apagar as chamas, em vão. Segundo Renato de Freitas Barbosa, um dos funcionários do parque, o incêndio foi percebido pelas pessoas que faziam caminhada na rua Bulevar III, onde o parque está instalado. “Ainda tentei salvar os dois, mas já estavam queimados”, informa.

Uma equipe da Perícia Forense esteve no local e verificou que o incêndio pode ter relação com as más condições das instalações da rede elétrica. Fios desencapados são facilmente encontrados. Além disso, vários brinquedos estão amarrados a cordas e são exemplos da precariedade do parque. “Vamos realizar um estudo para verificar as causas”, comenta a técnica da perícia, Sônia Silva.

O parque não tinha a permissão da prefeitura para o funcionamento. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Executiva Regional VI, responsável pelo bairro, o parque foi montado de forma clandestina. Algumas árvores, plantadas pela população, foram derrubadas para a instalação dos equipamentos. Os primeiros brinquedos começaram a ser instalados há uma semana, mas o parque São Francisco começou a funcionar no último sábado (4).

Esta é a segunda vez, em menos de um ano, que pessoas morrem em parque de diversões no Ceará. Em agosto de 2011, um menino de 10 anos morreu ao ser atingido por um brinquedo em Guaraciaba do Norte (a 320 km de Fortaleza). O parque tinha autorização da prefeitura da cidade para o funcionamento.

Fonte: Uol.com

Blog do Banana

Deixe seu comentário