Cenário político de polêmicas e expectativa em Cabrobó-PE, a fala do leitor

Os último dias têm sido de grande movimentação na sede do município de Cabrobó-PE. O “vai e vem”, o “disse me disse”, as especulações giram em torno tão somente do Cenário eleitoral para o pleito de 07 de Outubro do corrente ano. Os pré-candidatos que pleiteiam as 12 (doze) vagas na câmara municipal de vereadores já estão praticamente definidos e buscam uma preparação para o encontro com o eleitor. Conversas com lideranças, familiares tem sido a rotina para muitos deles. Já a cadeira ocupada até então pelo prefeito reeleito nas eleições de 2008 Eudes Caldas (PTB) possui como pretendentes para a disputa o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Antonio de Nestor (PRP), o empresário Pedro do Pão (PSL) e, depois de várias conversas, entre lideranças de cunho municipal e representantes da alta cúpula da política pernambucana o nome do Médico Auricélio Torres (PSB) foi escolhido como pré-candidato com o apoio dos 9 vereadores que atualmente formam o legislativo municipal e o prefeito que o tem como preferido para a sucessão no executivo a partir de Janeiro de 2013.

O inusitado é que dentre tantas articulações políticas um membro para disputa da chapa majoritária anda meio “escasso” e é o que tem gerado muita especulação ultimamente. Por incrível que possa parecer nem um dos três pré-candidatos citados possui definido um nome para preencher a vaga de Vice-prefeito. Muito se tem falado no assunto. A mídia local que conta com imparcialidade das rádios Grande Rio FM Cabrobó e Nova Geração FM além de alguns Blogs que, em sua maioria mais representam o interesse individual de quem os mantém buscam deixar informada a população na medida do possível sobre as escolhas de cada possível coligação e, conseqüentemente o candidato a vice para disputar as eleições. Dois dos pré-candidatos, Antonio de Nestor (PRP) e Pedro do Pão (PSL) buscam articulações que proporcionem um nome de peso na composição de suas chapas, mas o que tem intrigado a população é que, apesar de existir um grande grupo de coalizão atrás da pré-candidatura do Médico Auricélio Torres onde praticamente todas as grandes forças políticas no município se unem, não existe definição concreta com relação ao candidato a vice no pleito. O fato é que após as eleições de 2010 onde se definiram os Deputados Federais e Estaduais, senadores, governadores e presidente, uma nova força política surgiu na cidade. O grupo de empresários composto pelos irmãos Novaes conhecido como “Grupo C Novaes” liderado pelo irmão primogênito Cândido Novaes o “Caindão” conseguiu o feito de ocupar a segunda colocação após as apurações daquela eleição sendo o fato identificado pela votação expressiva do Deputado estadual florestado Rodrigo Novaes (PSD). O acontecimento gerou grande expectativa, pois se esperava que o grupo desejasse disputar as eleições de 2012 para o executivo tendo como o nome principal Cláudio Novaes (PTB) um dos irmãos empresários que concentra grande carisma da junto à população. Ciente das possíveis pretensões dessa nova força ocorreu imediatamente conversas entre eles e as demais forças onde o grupo se prontificou a manter a postura de empresários e apoiar a candidatura já anunciada pelo médico Auricélio Torres. Convidado a compor a chapa ocupando a vaga para disputar como vice-prefeito Claudio Novaes (PTB), em entendimento com os demais componentes do grupo descartou a possibilidade, porém sugeriu a inserção do nome da ex-vereadora Henriqueta Torres (PP) que por duas vezes ocupou cadeira na casa de leis daquela cidade e possui vasto serviço prestado a população. O nome da ex-vereadora foi apresentado oficialmente pelo deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD) mediador dos interesses do grupo junto ao prefeito Eudes por apresentarem um bom relacionamento no desenvolvimento dos interesses de Cabrobó na assembléia legislativa do estado. A sugestão causou indignação por parte do grupo de vereadores que representam o legislativo municipal e apóiam a candidatura de Auricélio. Apesar da clara aceitação da população, um processo de sugestão de novos nomes foi iniciado. Nomes como o do empresário Binha de Nestor (PTB), Duda Caldas (PTB), Suzana de Ezequias (PTB), Lula de Zezé (PTB) e até o empresário Claudenor Novaes (PTB) irmão de Cláudio que já se lançou como Pré-candidato a vereador estão sendo cogitados pelos “rebeldes” a suposta escolha de Henriqueta para a disputa. O que se sabe é que até então nada está definido e, em entrevista a rádio Grande Rio FM no início desta semana, o atual prefeito Eudes Caldas (PTB) que acolheu todas as forças no projeto de sucessão afirmou que tudo será decidido de forma a estabelecer a concordância entre todos aqueles que defenderão a pretensão de Auricélio Torres a se tornar prefeito de Cabrobó.

A população aguarda ansiosa, comentando, levando a cada esquina os “ditos” e os “não-ditos” para que se chegue a alguma conclusão. De fato, o nome de Henriqueta Torres (PP) tem sido fruto de interesse de muitos que conhecem a qualidade do seu trabalho e a postura humana de mulher determinada.

 

Texto: ANDRE MOREIRA LAU

Blog do Banana

Deixe seu comentário