Comerciantes do Mercado do Turista recebem certificado do curso ‘Boas práticas de manipulação de alimentos’

Comerciantes que trabalham na praça de alimentação do Mercado do Turista receberam, ontem (07), os certificados de conclusão do curso ‘Boas práticas de manipulação de alimentos’, promovido pela Vigilância Sanitária e Ambiental de Petrolina (VISA) e pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão). A capacitação contou com a participação de 14 comerciantes e teve como objetivo melhorar a qualidade dos alimentos que são ofertados aos consumidores.

“Durante o curso, abordamos questões como a presença dos microrganismos em alimentos, doenças transmitidas por alimentos, legislação e as boas práticas de manipulação”, relatou a professora do curso de Tecnologia em Alimentos do IF Sertão, Marta Eugênia Cavalcanti Ramos. Em uma carga horária de 9 horas, os comerciantes aprendem sobre os perigos da contaminação dos alimentos e como manuseá-los de forma adequada para que os consumidores tenham acesso a um alimento livre de impurezas.

De acordo com o coordenador da VISA, Jarbas Costa Oliveira, a parceria com o IF faz parte de um princípio essencial da Vigilância, que é a educação sanitária. “Fomos procurados pela professora e, de imediato, abraçamos a proposta, pois as pessoas precisam ter conhecimento sobre a manipulação dos produtos que elas comercializam. Isso reflete na qualidade do alimento e, consequentemente, na saúde da população”, afirmou o coordenador, salientando a sua satisfação com a realização do projeto, que já formou também os comerciantes das feiras livres dos bairros Areia Branca, Cohab Massangano e João de Deus.

Para a comerciante Clemilda Granjas Alencar, que comercializa alimentos há 5 anos, o curso possibilitou a qualificação dos produtos vendidos em sua lanchonete. “A gente passa a cuidar melhor dos alimentos e passa a ter conhecimento sobre coisas que a gente fazia achando que estava certo e, na verdade, estava errado”, lembrou. “A mudança é rápida, logo os clientes começam a perceber que a qualidade do produto melhorou”, completou a vendedora.

 

Texto e Foto: Eneida Trindade

Blog do Banana

 

Deixe seu comentário