Detran-PE disponibiliza serviço de renovação de habilitação online

imagemO Detran disponibiliza, a partir desta terça-feira (13), o atendimento online para a renovação da carteira de habilitação de motorista. Pelo site do serviço, é possível fazer todas as etapas da renovação, exceto a biometria e foto, que devem ser presenciais. Além da renovação, o site do Detran também vai disponibilizar a lista dos selecionados para o programa de habilitação popular, que podem fazer o agendamento online para pegar a carteira.

Para fazer a renovação, é preciso informar no site qual o posto do Detran em que se deseja fazer a foto e a biometria. Para isso, é necessário informar o CPF e a data de nascimento. “O candidato não precisa vir ao posto do Detran para abrir o atendimento, é só agendar para fazer a foto e a biometria. Desse modo, ele vai evitar filas e ter comodidade. Ele já pode emitir a taxa e o formulário de habilitação. Em seguida, ele precisa agendar o exame médico, que também é presencial. Com dois dias no máximo o usuário vai receber a CNH”, explica a diretora de operações do Detran, Amanda Machado, que ressalta que a data e o horário do atendimento é definido pelo motorista.

O usuário pode agendar ainda o atendimento para pegar a carteira do programa de habilitação popular. Após a divulgação da lista de primeiros convocados do programa, é preciso fazer o agendamento, que não tem prazo para encerrar após a publicação dos aprovados.

O Detran lembra que não é possível alterar os dados cadastrais, entre correções nos nomes do condutor ou dos pais, nem incluir ou excluir atividade remunerada pela internet. Para isso, o condutor deve procurar um ponto de atendimento e abrir o serviço presencialmente.

Solicitação de seguro DPVAT

Para orientar a população a procurar o seguro DPVAT para cobrir despesas de acidentes de carro e moto, o Detran de Pernambuco criou o Espaço Amarelo para divulgar os valores oferecidos e as maneiras de recorrer ao serviço. O seguro cobre qualquer pessoa que tenha sido vítima de acidente de trânsito, independente de estar no carro ou ter culpa no acidente. Os valores dependem do tipo de serviço oferecido.

“A solicitação sempre pode ser feita no sindicato dos Corretores de Seguros (Sincor-PE), na Avenida João de Barros, e agora pelo Detran. É importante que tenha um lugar de fácil acesso para se orientar ou fazer a solicitação”, afirma o vice-presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados e de Resseguros (Fenacor), Carlos Valle.

Entre os documentos necessários, o boletim de ocorrência do acidente é importante para que se faça a solicitação. Nos casos de morte é preciso a certidão de óbito; para a invalidez, é necessário um documento que comprove que a pessoa não tem mais condições de trabalhar. “A pessoa vai ter um prazo de dois anos para que a solicitação seja aceita”, explica.

A indenização por invalidez é apurada de acordo com as especificidades do solicitante. “A de despesas médicas, até R$ 2.700 é reembolsado pelo seguro. No caso de morte, o seguro custa R$ 13.500”, aponta Valle. Depois que a solicitação for feita com a documentação correta, o prazo para que a pessoa seja indenizada é de 30 dias. (G1 PE)

Deixe seu comentário