DILMA: “NÃO DÁ PARA CONSERTAR A MÁQUINA ADMINISTRATIVA SEM CORRER RISCO”

A presidenta Dilma Rousseff falou em entrevista a Veja sobre a economia do Brasil, após a reunião que teve com empresários nesta semana. “Ficamos todos de acordo que os impostos têm de cair, os investimentos privados e estatais têm de aumentar e o que precisar ser feito para elevar a produtividade da economia brasileira e sua competitividade externa será feito.” Sobre a máquina administrativa ela diz que é preciso correr risco. “Não dá para consertar a máquina administrativa federal de uma vez, sem correr o risco de um colapso. Nem na iniciativa privada isso é possível. No tempo que terei na Presidência vou fazer a minha parte, que é dotar o estado de processos transparentes em que as melhores práticas sejam identificadas, premiadas e adotadas mais amplamente. Esse será meu legado”, garantiu. Para a presidenta, “o Brasil está em uma situação agora em que podemos dizer aos países ricos que não queremos o dinheiro deles”. Ao ser questionada se há uma crise instalada no Congresso Dilma respondeu: “Não há crise nenhuma. Perder ou ganhar votações faz parte do processo democrático e deve ser respeitado. Crise existe quando se perde a legitimidade. Você não tem de ganhar todas”.(Revista Veja)

Blog do Banana

Deixe seu comentário