Falcão assegura decisão de alianças ao PT local

imageDe passagem pelo Recife, nesta quinta-feira (23), o presidente nacional do PT, Rui Falcão, visitou a residência do senador Armando Monteiro (PTB), pré-candidato ao Governo de Pernambuco. O petista, que estava acompanhado da presidente estadual do partido, Teresa Leitão, reiterou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a presidente Dilma Rousseff (PT) ainda apoiam uma aliança do PT de Pernambuco com a candidatura do petebista. Falcão, entretanto, afirmou que uma decisão só será tomada após debate interno realizado pelo PT local.

Apesar de ainda não confirmar o apoio do PT ao projeto do PTB na disputa estadual de 2014, a ida de Falcão à casa de Armando, além do discurso acerca do apoio ao petebista, reforçam a ideia de que os dois partidos deverão caminhar juntos durante o período eleitoral ainda no primeiro turno. Desde a junção entre as legendas em instância nacional, os caciques do PT orientam os petistas pernambucanos a realizarem uma aliança com Armando.

Diversos membros da legenda em Pernambuco, entretanto, rejeitam a ideia, preferindo lançar candidatura própria, tendo o deputado federal João Paulo (PT-PE) à frente da disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. A própria Teresa já havia declarado, em entrevista, que o PT pernambucano não iria aceitar “imposições” do diretório nacional, e que a opinião de Falcão seria “levada em conta” durante as discussões, mas são se caracterizaria como a “palavra final”.

A vinda de Falcão ao Recife demonstra uma pressa do PT em definir as alianças, visto que Armando teria declarado, em entrevista, que só faria as discussões políticas até fevereiro. Além disso, o dirigente tenta evitar que um novo racha aconteça, prejudicando o projeto nacional para reeleger a presidente Dilma Rousseff (PT), que deverá enfrentar o governador Eduardo Campos (PSB) na corrida presidencial.

Na cidade, o presidente nacional do PT participará, ainda, uma reunião com o diretório estadual do partido acerca das eleições majoritárias e locais, para tentar definir qual será o caminho tomado pelo PT local no pleito de outubro. (Brasil247)

Blog do Banana

Deixe seu comentário