Inadimplência do consumidor aumenta 18,3% em fevereiro

O nível de inadimplência do consumidor brasileiro aumentou 18,3% em fevereiro na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou nesta terça-feira (13) a Serasa Experian, acumulando alta de 17,4% nos dois primeiros meses de 2012.

Apesar da alta, a empresa de análise de crédito ressaltou que o resultado representa uma desaceleração ante o primeiro bimestre de 2011, quando houve aumento de 25,4%.

Já em relação a janeiro, o índice caiu 0,9%, marcando o terceiro recuo mensal consecutivo, puxado por quedas na inadimplência com bancos e cheques sem fundos.

– Os juros altos, os gastos típicos de início de ano e as incertezas sobre a crise global fizeram com que o consumidor tivesse cautela e controlasse seus gastos”, afirmaram os economistas da Serasa, se referindo ao resultado mensal. “A menor quantidade de dias úteis em fevereiro também colaborou para a queda dos registros de dívidas não pagas no mês.

A inadimplência com bancos e com cheques sem fundos -que têm os maiores pesos no índice- favoreceram a queda do indicador mês a mês, com quedas de 1,5 e de 4,7%, respectivamente.

Já os títulos protestados recuaram 18% no mês passado, enquanto as dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica e água) subiram 1,6%.

 

Fonte: R7

Blog do Banana

Deixe seu comentário