JAPONESES PENSAM EM AMPLIAR FÁBRICA DE MACARRÃO EM PERNAMBUCO ANTES MESMO DE INAUGURÁ-LA

O governador Eduardo Campos recebeu nesta semana, diretores da Nissin/Ajinomoto, companhia que se prepara para inaugurar uma fá-brica em Glória do Goitá, município da Mata Norte pernambucana. O início das operações da unidade está previsto para novembro deste ano e a planta será a primeira do grupo japonês fora do eixo Rio/São Paulo.

A joint-venture formada pela fabricante do macarrão (Nissin), com a produtora do tempero (Ajinomoto) desembarca em Glória do Goitá atraída por uma projeção de crescimento de 5% ao ano do mercado de macarrão instantâneo. Atualmente, o Brasil é o 10.º país em total de consumo de macarrão instantâneo no mundo. A localização geográfica de Pernambuco e o trabalho feito pelo Governo do Estado para atrair o investimento também foram decisivos para a instalação da fábrica, segundo o diretor- presidente da Nissin Brasil, Mitsuaki Morihiro.

“Sentimos realmente que o Governo abriu as portas para nós e aqui estamos mais perto dos consumidores nordestinos. Sem dúvida, no atual ritmo de crescimento, vamos ter de ampliar a capacidade muito em breve.”, afirmou o japonês. O grupo detém as marcas Cup Noodles, Nissin Lámen e Nosso Sabor, entre outras e representa hoje 39% das vendas em Pernambuco, 45% na região e 60% no Brasil. A produção local vai atender o Norte e Nordeste do País.

“É mais um grupo de visão global, que nos ajuda a atrair outros investimentos estruturadores para cá”, frisou o governador. A Nissin/Ajinomoto possui 30 fábricas ao redor do mundo e atualmente constrói outras duas unidades no Vietnã e na Tailândia.

A fábrica de Glória do Goitá vai ocupar um terreno maior que 22 campos de futebol. As obras estão na fase de fundação e geram neste momento 500 empregos diretos. Destes, 90% são de trabalhadores oriundos do próprio município. A Nissin/Ajinomoto está investindo R$ 46 milhões na unidade que terá capacidade para produzir até 1.200 pacotes de macarrão instantâneo por minuto. Quando entrar em pleno funcionamento, a expectativa é que 215 empregos diretos sejam abertos.

Mitsuaki Morihiro assegurou que irá acelerar a construção da fábrica e elogiou a mão-de-obra pernambucana: “O povo pernambucano é disciplinado e cumpridor de suas missões. Nossa intenção é concluir as obras o mais rápido possível e contribuir com o desenvolvimento da região, que tem previsão de ser um dos maiores mercados de macarrão instantâneo do mundo”, disse.

Discurso pronunciado pelo Deputado

 GONZAGA PATRIOTA

blog do Banana

 

 

Deixe seu comentário