Marcos Amorim e seus ‘pitacos’ que não convencem na defesa do governo de Lagoa Grande

Sem títuloO chefe de gabinete da Prefeitura de Lagoa Grande, Marco Amorim, tem se transformando num verdadeiro ‘pitaqueiro’ profissional na busca incessante pela defesa do governo municipal, mas ao que parece não vem conseguindo abafar as críticas que o prefeito Dhoni Amorim, do PSB, vem recebendo da população local desde que a atual administração assumiu.

Os ‘pitacos’ de Marcos Amorim em vez de esfriar os problemas, tendem a ampliar as reclamações. Quando ele assume que o prefeito tem deixado de pagar o transporte escolar do município, verba carimbada que chega mensalmente para que não se atrase o serviço, ele só faz confirmar a ingerência do governo em administrar a cidade.

Seja 60 ou mais de 80 dias, o fato é que Lagoa Grande recebe verba mensal para custear o transporte escolar. A verba é enviada mensamente pelo governo federal. E quem diz que são mais de 80 dias é quem está trabalhando para não deixar os alunos na mão, mas no entanto se ver em tempo de perder o veículo que realiza esse transporte para o banco por não estar recebendo o pagamento em dia.

Marcos Amorim que dá pitaco em tudo no governo lagoagrandense, devia era explicar para onde está indo a verba para pagar o transporte escolar e não contestar quem está trabalhando correto para não receber em dia.

Blog do Banana

Deixe seu comentário