Mobilização marca o Dia Nacional da Luta Antimanicomial em Petrolina

A Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS), em parceria com o Núcleo de Mobilização Antimanicomial do Sertão (NUMAS) e a Secretaria de Saúde de Juazeiro, iniciou, na última sexta-feira (11), o I Ciclo de Atividades da Luta Antimanicomial no Sertão, com a exibição do filme Um Estranho no ninho (1975). A semana de mobilização tem como objetivo despertar na sociedade civil, um novo olhar sobre a questão da saúde mental e fortalecer a rede de atenção psicossocial no Vale do São Francisco.

O filme, que conta a história de um prisioneiro que finge ter distúrbios mentais e vai parar em um sanatório onde estimula os internos a se revoltarem contra as rígidas normas da instituição, foi exibido durante o projeto Cinema do Vale, promovido Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Na plateia, estiveram presentes estudantes de Psicologia, usuários dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) de Petrolina e Juazeiro, além de profissionais de saúde. Ao final da exibição, as professoras Bárbara Cabral, Alice Chaves e Aléssia Fontenele mediaram uma discussão sobre questões relacionadas ao filme.

“Com o Ciclo, teremos um momento de aprendizado para dividirmos a nossa experiência e fortalecer esse movimento social aqui no Vale do São Francisco. A relação entre Petrolina e Juazeiro é exemplo dessa união na luta antimanicomial e da promoção de políticas de saúde pública construídas coletivamente”, afirmou a coordenadora do CAPS II em Petrolina, Cilene Duarte. As atividades da semana incluem ainda uma Roda de debates com o tema “Uso de Drogas: quebrando tabus no Vale do São Francisco”, oficinas artísticas e o encerramento com uma caminhada festiva, na sexta-feira (18).

O evento conta com o apoio da Univasf, Abrapso do Vale, do Diretório Acadêmico de Psicologia e do Diretório Central dos Estudantes da UNIVASF, da Unidade de Palhaçada Intensiva (UPI), Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco, Coletivo Feminista, Coletivo Ciranda de Rua (LAPIS), LEP II, LETRANS e NUPSAM.

PROGRAMAÇÃO:

16/05 – quarta-feira

14h

Roda de debates aberta sobre o tema “Uso de Drogas: quebrando tabus no Vale do São Francisco”;

Exibição do Documentário “Quebrando Tabu”

Local: Auditório da Biblioteca da UNIVASF (Petrolina)

 

18/05 – sexta-feira

14 h às 16h30

Oficinas abertas de produção de máscaras, capoeira e arte circense,

Prédio de aulas da UNIVASF – Campus Petrolina

17h

Caminhada Festiva – da Univasf em direção à Praça do Bambuzinho

 

Texto e Foto: Eneida Trindade

Blog do Banana

Deixe seu comentário