Moradores da Ilha Massangano participam de experiência cartográfica

imagemDuas ações marcaram a terceira etapa do Projeto Pertencer – Eu Vim da Ilha, aprovado no Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – Funcultura e cujo objetivo é estimular os valores socioculturais locais e conhecer novas singularidades da cultura e do modo de viver da comunidade.

As atividades vêm sendo realizadas com estudantes e representações comunitárias na Ilha do Massangano, desde o mês de fevereiro deste ano com a realização de oficinas, palestras e outras ações de socialização. Na primeira atividade desta etapa, a equipe do projeto, coordenado pelos professores Jota Menezes e Joelma Reis, trabalhou com a comunidade num projeto de cartografia social, organizado pelo professor- Doutor da Universidade do Estado da Bahia – UNEB e FACAPE, Juracy Marques. Também participaram das oficinas a jornalista Edilane Ferreira, a Psicóloga Raline Soares e a professora da equipe de ensino da SEDUC, Norma Lúcia.

O trabalho consistiu em mapear os lugares que estimulam as relações sociais e culturais locais. Os próprios moradores foram pontuando, segundo o conhecimento do território, onde se localizavam as moradias, igreja, casa de farinha, escola, ponto de embarque, entre outros. Para o professor Juracy Marques, o mapeamento é uma forma de socializar informações, construindo algo útil para a comunidade. “Reunimos gerações diferentes, discutindo assuntos comuns da comunidade. É possível, nestes encontros, absorver muitos saberes e fortalecer a identidade”, enfatizou.

Ascom

Blog do Banana

Deixe seu comentário