No Recife, dois torcedores morrem após clássico entre Sport e Santa Cruz

O futebol pernambucano viveu mais uma cena lamentável na noite deste domingo (15). Após a vitória do Sport, por 2 a 1, sobre o Santa Cruz, as torcidas organizadas das equipes se enfrentaram em vários pontos do Recife. Embora estivessem sendo escoltadas pela Polícia Militar, vários torcedores entraram em conflito nas imediações da Ponte Duarte Coelho e do Parque 13 de maio, ambos no bairro da Boa Vista, centro da cidade. Duas mortes foram registradas e a Secretaria de Defesa Social (SDS) investiga se elas têm relação com os conflitos.

Ainda não se sabe ao certo quantos torcedores estavam envolvidos no ato de vandalismo, mas estima-se que, pelo menos, cem pessoas participaram dos tumultos.

As duas mortes investigadas pela SDS aconteceram no centro da cidade. Uma delas ocorreu na Ponte Duarte Coelho. De acordo com testemunhas, houve confronto entre grupos de duas torcidas organizadas e uma mulher, de 19 anos e com a camisa do Sport, teria morrido por espancamento.

No entanto, a Polícia Militar afirma que ela teria morrido por mal súbito ao perceber que o namorado havia sido preso após realizar uma série de roubos no local. Já o Instituto de Medicina Legal (IML) informou que recebeu a solicitação para retirar o corpo por homicídio.

A assessoria de imprensa da SDS informou que câmeras de monitoramento registraram os roubos e o atendimento feito pelo Samu à vítima. Mas, diante das indefinições solicitará à Corregedoria uma investigação para apurar a causa morte.

O outro caso teria ocorrido próximo ao parque 13 de Maio, por atropelamento. De acordo com testemunhas, a vítima, de 19 anos, estava com um uniforme de uma torcida organizada do Santa Cruz e teria sido atingido por um ônibus enquanto fugia de uma briga.

Apesar de confirmar que vários confrontos entre torcedores foram registrados em vários locais do centro da cidade, a polícia ainda não relacionou oficialmente as mortes ocorridas na noite deste domingo aos conflitos entre torcidas

 Fonte: G1 PE

Blog do Banana

 

Deixe seu comentário