Novo sistema de identificação eletrônico em transporte coletivo irrita petrolinenses

Desde sua instalação nos ônibus que integram o transporte coletivo de Petrolina, o novo sistema de identificação eletrônico tem sido alvo de muitas reclamações dos usuários. Na manhã desta segunda-feira (26) muitas pessoas enfrentaram dificuldades para chegar ao trabalho. Os estudantes, que tiveram o cartão recusado pelo equipamento, foram os mais prejudicados.

Segundo os usuários, além do novo sistema não reconhecer os cartões, ainda está havendo “desconto” dos créditos existentes. “Meu cartão estava com mais de R$ 700 em créditos e agora quando eu passei apareceu uma mensagem dizendo que só tinha R$ 374. Eu não sei o que fazer agora”, afirmou Maria Vanildes Neres.

A ineficiência da empresa com relação ao atendimento aos passageiros também é criticada. De acordo com Francisca Eliane, os passageiros não devem ser constrangidos por uma mudança que é de responsabilidade da empresa. “Os cobradores botam a gente para descer do ônibus e dizem que a gente tem que ir à empresa para trocar os cartões, mas isso é uma responsabilidade deles, não da gente”, disse.

A Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC) havia informado que o usuário deveria apenas inserir o cartão numa fenda e aguardar alguns segundos para que o sistema efetuasse a conversão de forma automática. Mas não é isso que está acontecendo, segundo os relatos. Os cobradores estão orientando os passageiros a irem até a empresa para fazer a troca do cartão.

Entramos em contato com a EPTTC, mas fomos informados que a responsabilidade sobre os cartões é da Setransvasf. Durante toda manhã tentamos contato com a Setransvasf, mas não conseguimos ser atendidos.

Fonte: Pau Ferro Notícias

Blog do Banana

Deixe seu comentário