Patriota pode abrir mão da candidatura em Petrolina

Como na maioria dos municípios do Estado, a estratégia política visando as próximas eleições só se define depois dos festejos carnavalescos e em Petrolina a situação não é diferente. A novidade é que, desta vez, o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), poderá abrir mão de sua candidatura para apoiar o deputado federal socialista Fernando Bezerra Filho. Outro nome cotado pelo partido para a disputa seria o do secretário de Agricultura do Estado, Ranílson Ramos, mas ele preferiu sair do páreo e continuar como titular da pasta.

“Tenho visto Fernando Filho trabalhando energicamente para enfrentar a disputa e ele está subindo nas pesquisas. Depois do Carnaval, vou sentar com ele para poder definir se quem sai sou eu ou ele. Caso ele não abra mão para se candidatar eu o apoio e levo todo meu grupo para apoiá-lo. O que não podemos é deixar Petrolina com um prefeito que não tem ligação nem afinidade com os governos estadual e federal. Eu ou Fernando transitamos muito bem em Brasília e isso facilita que muitos projetos sejam viabilizados”, argumentou Patriota.

Segundo o deputado, depois de ter disputado a prefeitura por três vezes, sem sucesso, “não vou insistir mais como antes, caso o partido não ache que eu sou o nome”. “Em 2000, quando o PSB estava bem fragilizado, consegui cinco mil votos. Em 2004, 36 mil e em 2008, 47 mil. Se eu puder disputar agora, sem dúvidas, terei mais votos. Na última pesquisa que tive acesso, eu estava com 25% das intenções de voto e Fernandinho apareceu com 20%”, declarou.

Quanto ao apoio do PT, que já tem candidato próprio para a disputa – o deputado estadual Odacy Amorim -, Patriota diz que mesmo com os problemas que o petista teve com o PSB é possível dialogar na tentativa de unir as duas siglas. Segundo o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, o que se pretende é procurar construir a unidade. “Estamos dispostos a mediar e a contribuir de acordo com os encaminhamentos de Petrolina. Falei com Fernando Filho, semana passada, e acertamos que depois do Carnaval iremos conversar para definir as coisas”, afirmou Silene Guedes.

Fonte: Blogo do Gonzaga Patriota

Blog do Banana

Deixe seu comentário