Pernambuco é o estado que menos concentra hotéis em sua capital, aponta IBGE

Uma avaliação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o trade turístico nacional revela que Pernambuco é o estado que apresenta menor concentração de leitos hoteleiros em sua capital. De acordo com a pesquisa, realizada em 2011 e divulgada ontem, quase 75% da capacidade total da rede de hotéis das regiões metropolitanas do Brasil ficam nestas cidades.

Contrariando a expectativa nacional, Recife apresenta 43,3% dos estabelecimentos (161) e 45,6% da capacidade total de hóspedes. Isso significa que a capital pernambucana, sozinha, comporta exatamente 15.244 pessoas em seus hotéis, pousadas e demais meios de hospedagem. Já o número de unidades habitacionais (suítes, apartamentos, quartos e chalés) no Recife foi calculado em 7.216, segundo o IBGE.

De acordo com o levantamento, o segundo município pernambucano com maior rede de hospedagem no ano passado era Ipojuca, no Litoral Sul, que concentrava 25,3% dos estabelecimentos (94) localizados na Região Metropolitana do Recife (RMR).

As outras duas capitais que reúnem poucos hotéis são Belo Horizonte (MG), com 49,4% dos estabelecimentos (291), 61,2% das unidades habitacionais (13.353) e 57,5% da capacidade total de hóspedes (27.842); e Porto Alegre (RS), com 52,5% dos estabelecimentos (190), 68,8% das unidades habitacionais (10.284) e 67,6% da capacidade total de hóspedes (21.570).

Na outra ponta, com grande concentração hoteleira, estão Fortaleza, São Paulo e Rio de Janeiro. Só a capital paulista chega a concentrar quase mil hotéis. Já as pousadas são mais frequentes nas regiões metropolitanas de Florianópolis (45,7%) e nas das capitais nordestinas, especialmente Salvador (38,4%), Recife (33,9%) e Fortaleza (28,7%).

As informações fazem parte da Pesquisa de Serviços de Hospedagem (PSH) 2011 – Municípios das Capitais, Regiões Metropolitanas das Capitais e Regiões Integradas de Desenvolvimento, que investigou 7.479 estabelecimentos no país. Os dados registram, ainda, um total de 327.678 unidades habitacionais e capacidade total de 741.303 hóspedes em todo o Brasil.

Fonte: Diario de Pernambuco

Blog do Banana

Deixe seu comentário