Pernambuco prorroga suspensão cirurgias eletivas até o dia 9 de maio

Cirurgias eletivas que demandem internação hospitalar tiveram suspensão prorrogada até o dia 9 de maio em Pernambuco. O anúncio foi realizado no Boletim Epidemiológico da Covid-19 do Governo do Estado de Pernambuco desta sexta-feira (30).

Procedimentos considerados inadiáveis, como cirurgias oncológicas, cardíacas, transplantes e procedimentos que possam causar dano permanente ao paciente, serão mantidos.

Apenas cirurgias que são consideradas adiáveis, sem prejuízo à saúde do paciente, serão reagendados informou o Governo do Estado.

Também podem continuar ocorrendo as cirurgias ambulatoriais que não demandam internamento hospitalar.

O Governo reforça  que as consultas ambulatoriais e os serviços de urgência e emergência estão mantidos.

A Secretaria Estadual de Saúde reitera, ainda, que os servidores que atuam nessas cirurgias eletivas e foram realocados para outras áreas da assistência hospitalar ou teletrabalho serão mantidos nessas funções.   (Folha-PE)

Deixe seu comentário