Petrobras terá de contratar 22 mil até 2015

Se você sonha em trabalhar na Petrobras, fique sabendo que, por ano, pelo menos 1.200 vagas são criadas “naturalmente” na estatal. É que essa é a média de profissionais que deixam a companhia no período, por motivos como aposentadoria e demissões. Por isso, e para atingir o objetivo de ter um efetivo de 76 mil empregados até o fim de 2015, a companhia vai abrir 22 mil vagas nos próximos anos — hoje são 59,5 mil funcionários.

Para chegar a esse número, o plano é realizar dois concursos por ano, ou até três, dependendo da necessidade. Há duas semanas, o edital publicado com 1.521 novas vagas pegou muita gente de surpresa — os concurseiros não esperavam sua divulgação para antes de maio.

São oportunidades para os níveis superior, médio e técnico, que fazem parte desse planejamento estratégico. E que, mais uma vez, vão provocar forte concorrência: segundo a Petrobras, a média geral de candidatos por vaga costuma ser de 120.

O número de concorrentes é alto, mas os mais jovens e recém-formados não precisam desanimar. Isso porque a média de idade dos admitidos na estatal em 2011 foi de 29 anos — já a idade média dos funcionários atuais é de 43 anos. E os empregados permanecem, em média, 15 anos na casa.

Os dados são referentes ao pessoal contratado. A empresa afirma não dispôr de tais informações sobre os terceirizados e também não divulga quantos são eles. Mas se sabe que são muitos. Apesar disso, dentro do planejamento estratégico de admitir 22 mil funcionários até 2015, não está o objetivo de acabar com os terceirizados.

Como é possível notar na seleção vigente, os setores em que deve haver mais abertura de vagas até 2015 são os operacionais e de engenharia.

A seguir, confira algumas regras estabelecidas pelo novo edital:

INSCRIÇÕES: Os interessados poderão obter mais informações e se inscrever para o concurso (até dia 11 deste mês), pelo site da Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br).

VAGAS: São 1.521 vagas para lotação no país, 647 delas para o nível superior.

SALÁRIOS: Os rendimentos iniciais para os cargos que pedem nível médio variam de R$ 1.994,30 a R$ 2.896,02. Para os de nível superior, de R$ 6.388,31 a R$ 6.883,05.

TAXA: A taxa de inscrição para os níveis médio e técnico são de R$ 35; para o superior, R$ 50. A prova será dia 6 de maio. (Jornal O Globo)

Blog do Banana

 

Deixe seu comentário