Prefeitura de Petrolina constrói monumento em homenagem a soldados de Petrolina

Como forma de homenagear os soldados de Petrolina que participaram da Segunda Guerra Mundial, a Prefeitura de Petrolina está construindo o monumento “Os Pracinhas”, forma pela qual eram chamados os veteranos do Exército brasileiro enviados para integrar as forças aliadas contra o nazifascismo.

Impulsionado pelo apoio econômico recebido dos Estados Unidos, Getúlio Vargas, então presidente do Brasil, declarou guerra à Alemanha, Japão e Itália em agosto de 1942, aliando-se à França, Inglaterra e Estados Unidos. As primeiras tropas brasileiras foram enviadas para campo de batalha em 1944.

Composta por soldados de vários estados brasileiros, a Força Expedicionária Brasileira (FEB) constituía a linha de frente nos combates. Desta forma, os pracinhas brasileiros, entre eles os petrolinenses, participaram de decisivos momentos na Segunda Guerra Mundial, como a batalha de Monte Castello que será retratada no monumento.

Segundo o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, é importante e necessário homenagear estes cidadãos que, muitas vezes, com a própria vida, lutaram pela defesa da soberania dos países aliados. “Constituindo uma política de valorização da memória e da história petrolinense, o monumento nos faz lembrar os bravos cidadãos que lutaram na Segunda Guerra Mundial representando nossa cidade, nosso estado e nossa nação”, afirmou.

Sob os cuidados do renomado artista plástico, Ledo Ivo, autor da estátua do “Nego D’água”, instalada nas margens juazeirenses do São Francisco, a obra está em fase de conclusão e tem sua entrega prevista para o final do mês de maio. A cerimônia de inauguração, contudo, será reservada para o dia 6 de junho, data na qual, há 68 anos, tropas dos aliados, entre eles os brasileiros, desembarcaram na Normandia com a Operação Overlord, ponto decisivo para a vitória contra os nazifascistas.

Congregada à construção do monumento, a Prefeitura de Petrolina está operando a revitalização da Praça Pio XII, conhecida também como Praça das Algarobas, espaço no qual a obra está sendo erigida. Acompanhando o processo de instauração de monumentos históricos e culturais na cidade, a secretária de Cultura, Roberta Duarte, ressaltou a importância da valorização da história de Petrolina, através de ações de salvaguarda do patrimônio cultural e memória local. “Uma das ações de salvaguarda do nosso patrimônio é a construção de monumentos que será agregada a outras ações de perpetuação da história que, em breve, estaremos realizando no município”, declarou.

Texto: Quercia Oliveira

Blog do Banana

Deixe seu comentário