Prefeitura de Petrolina e Monumento da Integração ganham iluminação “Movimento Maio Amarelo”

imagemimagem1A Prefeitura de Petrolina ganhou uma iluminação especial para chamar a atenção do “Movimento Maio Amarelo”. O prédio da Prefeitura e o Monumento da Integração agora estão com uma iluminação nas cores da campanha que tem a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de violência no trânsito, um dos principais motivos de mortes e feridos no mundo.

O objetivo do movimento é realizar Ações coordenadas entre o Poder Público e a sociedade civil organizada, discutindo alternativas que garantam a segurança viária, tanto de pedestres, como de motoristas. A Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (Epttc) desde o dia 1º de maio vem realizando várias ações, exemplo de blitz, fiscalizações e palestras educativas incluindo a zona rural na busca de conscientizar com foco nas responsabilidades e comportamento do cidadão durante os deslocamentos diários no trânsito.

As principais atividades envolvem a distribuição de adesivos,laços, banners e panfletos explicativos em locais estratégicos, como escolas, praças, associações dos projetos de irrigação contendo orientações sobre as regras, leis e boas condutas no trânsito.

O Prefeito Julio Lossio disse que todos os esforços são realizados e Petrolina pode ser considerada como destaque no que se refere à implantação de medidas que melhoraram o trânsito. Estamos trabalhando pela melhoria da mobilidade urbana. Este é um passo importante. Esperamos a participação e envolvimento de todos neste Movimento, comprometidos com o bem-estar social, educação e segurança. Amarelo é a cor da atenção pela vida’”, concluiu o prefeito

O “Maio Amarelo” é um movimento nacional, que nasceu com a mesma perspectiva de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e o Novembro Azul”, ambos voltados aos temas de câncer de mama e de próstata.

“A intenção é chamar a atenção da sociedade sobre os altos índices de mortes, feridos e sequelados permanentes no trânsito no país e no mundo e mobilizar órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que o tema exige, nas mais diferentes esferas”, explica o diretor presidente da Epttc, Paulo Valgueiro.

A escolha propositada do laço na cor amarela como símbolo do Movimento, vai ao encontro da necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, conscientizar os cidadãos a adotar cautelas e prudências.

Asscom EPTTC

Blog do Banana

Deixe seu comentário