Presidente de agência certificadora critica a falta de incentivos para fruticultura do Vale

O presidente da Global Gap, agência de certificação agrícola, diz que é preciso mais investimento público na fruticultura do Vale do São Francisco. Para Odair Nunes, outras áreas agrícolas do Brasil, como a do soja no centro oeste, tem recebido mais atenção do que Petrolina, Juazeiro e região.

” Ou o governo passa a investir mais no setor da fruticultura, ou no próximos anos a situação pode ficar complicada para quem produz manga, uva, goiaba, entre outras culturas, aqui”, avalia Odair.

Ele considera ainda que é preciso mais pesquisas relacionadas às frutas que já são cultivadas às margens do rio São Francisco. ” É importante estudar outras culturas, como caqui, pêra, mas não podemos esquecer de potencializar aquelas que já plantamos para que possamos ter mais espaço nos mercados”.

Atualmente, do total de frutas produzidas no Vale do Sub- Médio São Francisco, cerca de 90% seguem para mercados internacionais. Cem mil empregos são gerados pela atividade agrícola.

Blog do Banana

Deixe seu comentário