Secretaria de Saúde de Petrolina ainda não tem proposta para enfermeiros que ameaçam cruzar os braços

Em resposta aos enfermeiros da rede municipal de Petrolina que reivindicam melhores condições salariais desde dezembro do ano passado, a secretária municipal de Saúde, Lúcia Giesta, disse hoje (28) que a categoria vai ter que esperar um pouco mais para que a prefeitura apresente uma proposta.

De acordo com a secretária, o percentual de reajuste está sendo elaborado pela pasta de administração.”Esse percentual de reajuste não pode ser o que eu, os enfermeiros ou a secretária deseja, e sim de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Por isso a proposta está sendo analisada pela Secretaria de Administração”, disse.

Mas o sindicato que representa os enfermeiros em todo estado não está muito satisfeito com a resposta e já deflagrou estado de greve, o que significa que a qualquer momento as atividades dos profissionais podem ser suspensas por tempo indeterminado.

Fonte: Pau Ferro Notícias

Blog do Banana

Deixe seu comentário