Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina divulga resultado do segundo LIRAa de 2012

Entre os dias 5 e 8 de março, a Gerência de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS) realizou o segundo Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) do ano de 2012. A pesquisa é responsável pela produção dos indicadores que serão utilizados como instrumento de identificação das áreas de risco para a ocorrência da Dengue no município.

O LIRAa identificou um índice de 1,0% para a infestação predial do Aedes aegypti, um número considerado de médio risco pelo Ministério da Saúde, no mesmo período do ano passado o índice foi de 1,5%. “A partir desta semana já iniciaremos as medidas de controle do mosquito, intensificando e direcionando as nossas ações para prevenir possíveis ocorrências de epidemia da doença”, afirmou o gerente de Endemias, Jailson Araújo, ressaltando que a população precisa trabalhar junto com a SMS para evitar a proliferação do Aedes aegypti.

De acordo com Jailson Araújo, bairros como Cosme e Damião, João de Deus e Quati, onde foram encontrados os índices de infestação predial mais elevados, contarão com atenção especial da Secretaria Municipal de Saúde. “A partir do LIRAa, diagnosticamos as regiões onde precisamos trabalhar de forma mais intensa para reduzir o problema da dengue. O mais importante é não descuidar, nem mesmo das áreas onde apareceram os menores índices”, frisou o gerente de Endemias.

Para garantir a eficácia do controle da dengue no município, a Secretaria de Saúde trabalha em parceria com as Secretarias de Infraestrutura, Educação e Ordem Pública. “Com o apoio desses órgãos, conseguimos ampliar as nossas ações. Já enviamos às secretarias de Infraestrutura e Ordem Pública, os locais de maior vulnerabilidade para a priorização da limpeza e solicitamos da Secretaria de Educação o reforço de ações educativas junto aos estudantes que atuam como multiplicadores em suas casas. Só teremos bons resultados nas pesquisas se houver comprometimento e vigilância permanente da população”, enfatizou a secretária Municipal de Saúde, Lucia Giesta.

Durante o Levantamento, os Agentes de Combate a Endemias realizaram também ações de conscientização, orientando a população sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Para esclarecer dúvidas e denunciar focos de criadouros, a população pode entrar em contato com a SMS através do e-mail (denguepetrolina@gmail.com) e do telefone (87) 3864-0645.

 

Texto e Foto: Eneida Trindade

Blog do Banana

Deixe seu comentário