Seleção do Sisu agora será por lista de espera

A lista dos candidatos aptos na lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), por curso, grau e turno, em ordem de classificação, será divulgada pela Universidade Federal do Ceará (UFC), na próxima segunda-feira (6 de fevereiro), em seu site. As vagas, um total de 1.063, são remanescentes após as duas primeiras chamadas do Sisu, realizadas em janeiro.

Na UFC, as vagas são destinadas a Juazeiro do Norte, Fortaleza, Quixadá e Sobral, em diversos cursos, incluindo 17 vagas para Medicina, tido como o mais disputado da Universidade.

Segundo o coordenador do Sisu na UFC, Miguel Franklin, o método de seleção nas duas primeiras chamadas ocupou cerca de 75% das vagas. As próximas etapas envolverão o preenchimento das vagas restantes por meio do processo de listas de espera, o primeiro acontecerá em reuniões programadas para os dias 8, 9 e 10 próximos. Nesse período, as vagas serão ocupadas conforme a ordem de classificação dos interessados.

A segunda etapa da lista de espera na UFC está prevista para início de março, ainda com dia a ser marcado, explicou o coordenador do Sistema. “Na data, vamos analisar as desistências e as vagas ainda disponíveis”, citou.

No Instituto Federal do Ceará (IFCE), a lista de espera para o Sisu conta com 759 vagas, uma vez que preencheu 1.046 vagas (58% do total ofertado) nas etapas anteriores. O pró-reitor de Ensino da instituição, Gilmar Lopes Ribeiro, adianta que a expectativa é de que as vagas restantes devam ser preenchidas com a lista de espera, cujo resultado dos classificados será divulgado terça-feira no site do Instituto. Entre os cursos com maior número de matrículas realizadas estão os das áreas de saneamento ambiental e da indústria, dos campi de Fortaleza e Maracanaú.

Aos alunos da lista de espera, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab) dispõe de 49 vagas em cinco cursos.

Remanescentes

17 vagas para o curso de Medicina, o mais procurado na instituição, estão sendo ofertadas pela UFC na próxima etapa do Sisu, que analisará a lista de espera.

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe seu comentário