Tecnologia implantada no HDM/IMIP otimiza serviços prestados no Vale do São Francisco

imagemDurante todo o ano de 2013 o Hospital Dom Malan/IMIP, em Petrolina (PE), realizou a implantação do seu Parque Tecnológico. O investimento proporcionou a todos os setores uma otimização e melhor eficiência dos serviços, principalmente da assistência médica.

Diversos benefícios como prontuário eletrônico (PEP), gerenciamento dos leitos de internação, controle de estoques, de compras e de medicamentos, além de viabilizar melhoria na organização da espera do atendimento são alguns exemplos de resultados alcançados com a informatização e aplicação de sistemas.

O coordenador de tecnologia da informação (TI), o analista de sistemas, Sr. Allyson Wanderley, ressalta que este é um projeto de constante evolução tanto para a assistência como para a gestão do HDM. “Sem dúvidas a informatização do hospital reflete no atendimento ao paciente. Os sistemas auxiliam nos processos de trabalho dos funcionários, e consequentemente agilizam algumas tarefas da assistência, bem como auxilia a melhor eficiência na gestão dos nossos recursos”, pontua.

Allysson exemplifica como o cotidiano da unidade de saúde é aprimorado com esta ferramenta: “Os Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros informam no sistema todo material e medicamentos realizados em cada paciente, desta forma, automaticamente, a farmácia é notificada sobre o que foi usado nos setores permitindo assim fazer a reposição dos estoques bem como uma previsão de consumo para que não falte o item no hospital”, explica o coordenador.

Outra grande inovação colocada em prática foi a nova pulseira contendo dados de identificação do paciente como o nome, data da internação e número do prontuário. “Estas informações são muito úteis para controlar melhor a ocupação dos leitos, censo hospitalar, bem como reforçar a segurança da medicação a ser administrada para cada paciente” pontua o coordenador de TI.

Já nas urgências e ambulatório da unidade de saúde, são reforçadas a organização do controle da espera do atendimento, além dos dados de chegada, classificação, cadastro, atendimento e alta dos pacientes. “Esta ferramenta é essencial para nortear a gestão quanto a decisões importantes na otimização do atendimento nas urgências e ambulatório do HDM”, finaliza, Allyson Wanderley.

ASSESSORIA DE IMPRENSA HOSPITAL DOM MALAN/IMIP

Blog do Banana

Deixe seu comentário