Usuários reclamam do serviço de transporte coletivo

Queixas sobre ônibus atrasados e sucateados não são novidade em Petrolina, mas nos últimos dias, as reclamações dos usuários que precisam utilizar o transporte coletivo que faz o itinerário de bairros da Zona Oeste, aumentaram significativamente.

Em qualquer ponto de ônibus onde essas linhas trafegam é possível encontrar usuários insatisfeitos com os serviços que hoje são oferecidos pelas empresas Menina Morena e Vale do Sol. “Moro no Jardim Maravilha, onde passam a maioria dos ônibus que vêm da Zona Oeste para o Centro, mas de um mês pra cá esperar o transporte tem sido um exercício de paciência. Sempre passam atrasados e quando chegam, geralmente estão lotados. Sem falar que o estado dos ônibus é caótico”, disse a auxiliar administrativa Rosineide da Silva Santos.

A estudante Érica Juliana dos Santos Paiva mora no bairro Cohab VI e revela que os atrasos também têm causado transtornos nos últimos dias. “Estou no ponto desde 10h30, já são 11h30 e não passou nenhum ônibus. A qualidade dos ônibus é horrível. Muito barulhento, sem falar que a maioria deles, vez ou outra, quebra no meio do caminho. Todo dia enfrento esses problemas. Tenho que sair mais cedo de casa prevendo possíveis problemas. Para ir à aula saio de casa uma hora e dez minutos antes, já pensando no possível atraso dos ônibus”, revelou, enquanto esperava o veículo em um ponto nas proximidades do Parque Josepha Coelho.

QUEBRA-QUEBRA – Durante a apuração da matéria a equipe do Gazzeta flagrou um ônibus da empresa Menina Morena, que faz linha para o São Gonçalo, quebrado em um ponto do Centro. A demora em chegar outro veículo deixou usuários impacientes. “Infelizmente isso é comum. A demora para o ônibus chegar é grande. Quando quebra é ainda pior. Estamos aqui há quase meia hora esperando, e nada. Petrolina merece um serviço com mais qualidade. Além dos atrasos os ônibus estão velhos”, reclamou o aposentado Lázaro Antônio Laranjeira.

Fonte: Gazzeta

Blog do Banana

Deixe seu comentário