Expovale termina com saldo positivo

A Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos do Sertão do São Francisco – ACCOSSF, juntamente com a Prefeitura Municipal de Juazeiro, em parceria com o Governo do Estado, Governo Federal, SEBRAE, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, ADAB, CODEVASF, dentre outros, realizaram entre os dias 25 e 29 de abril, a VI edição da Exposição de Caprinos e Ovinos do Vale do São Francisco – EXPOVALE, e a 12ª Exposição Nacional Boer.

O evento foi realizado, na Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF/Campus Juazeiro, e contou com a participação de criadores de todo país. Durante a cerimônia de abertura no dia (26) de abril, o prefeito Isaac Carvalho falou da potencialidade da região e reafirmou a importância de eventos direcionados a caprinovinocultura “Este evento fomenta a cadeia produtiva da caprinovinocultura, possibilitando uma qualidade de vida melhor ao produtor rural e, consequentemente, estimulando a permanência deste no campo. Aqui é um momento único, que reúne produtores de todo o país numa troca de experiências e difusão de tecnologia. A caprinovinocultura da região vivencia um grande momento”, frisou o prefeito.

Já o Secretário de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária da Bahia, Eduardo Salles enfatizou a garra do nordestino num momento de crise em decorrência da seca. “Tenho orgulho de está presente numa ação importantíssima realizada num momento difícil. É através de eventos como esse, que confirmamos a força do povo do Nordeste, uma exposição que engloba animais de raças e que possibilita a comercialização e difusão de tecnologia, numa troca importantíssima”, destacou.

Ainda durante o evento Eduardo Salles anunciou para a plateia, que serão implantadas na Bahia, duas biofábricas de produção de mudas de palma – resistentes a cochonilha do carmim (praga que ataca a palma forrageira). Essas mudas serão distribuídas para os produtores de caprinos e ovinos de todo o estado. Outra novidade comunicada pelo secretário, é que a CONAB estará disponibilizando milho com preço acessível para ser vendido aos produtores da região, cujo objetivo é a alimentação de animais.

Por sua vez, o Presidente da ACCOSSF, Dr. Juvêncio Lustosa disse que a distribuição das mudas melhorará a vida do homem no campo. “O projeto de palma adensada será de grande importância no sentido de viabilizar a convivência com o semiárido, pois as distribuições de mudas produzidas nos campos fazem com que todos os criadores tenham em suas propriedades uma área de palma adensada”. Na oportunidade, o Secretário assinou o convênio do Pró – Berro, onde os criadores de caprinos e ovinos do estado poderão comprar reprodutores de alto padrão genético para melhorar a qualidade genética dos rebanhos.

O Pró – Berro é parte integrante do Programa de Melhoramento Genético dos Rebanhos Caprinos e Ovinos da Bahia, elaborado pela Secretaria da Agricultura (Seagri) através da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), em parceria com a Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (Accoba), Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb) e prefeituras municipais, com participação dos agentes financeiros Banco do Brasil (BB), e Banco do Nordeste (BNB). O programa tem como meta a aquisição de dez mil reprodutores, e os agentes financeiros vão disponibilizar financiamentos bancários com juros de apenas 6% ao ano. Cerca de 60 mil pessoas visitaram a Expovale 2012, para conhecer o trabalho de seleção e melhoramento genético desenvolvido pelos criatórios brasileiros e as novas tecnologias desenvolvidas para o setor.

Ascom Accossf

Deixe seu comentário