Agência Municipal de Meio Ambiente discute Plano Diretor de Petrolina

Foi realizada na sede da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) uma reunião com representantes da empresa Cunha Lanfermann, responsável pela revisão e modernização do Plano Diretor de Petrolina, para definir o redimensionamento do calendário para a conclusão do processo. Participaram do encontro o Diretor-presidente da AMMA Geraldo Junior, a coordenadora técnica da empresa, Evelin Schor, a engenheira agrônoma Minéia Gomes e demais membros da equipe técnica da AMMA.

De acordo com o Diretor-presidente da AMMA, o processo de revisão e modernização do Plano Diretor será finalizado após o complemento de algumas informações técnicas. “Nós redefinimos esse calendário de tal forma que estaremos finalizando o processo em 30 de maio”, declarou Geraldo Junior.

Durante o encontro, ficou decidido que já na próxima semana serão feitas as últimas informações complementares nos dados técnicos e na primeira semana de março será realizada uma audiência pública para discutir o diagnóstico feito pela equipe responsável pelo Plano Diretor.

“Queremos conversar com a população como um todo. Esse é o momento de ter um diálogo com a sociedade para que possamos ir ajustando essas propostas, de forma que possamos chegar ao mês de maio com um projeto de Plano Diretor capaz de projetar o crescimento da cidade e dar os seus parâmetros para os próximos 10 anos”, avaliou o Diretor-presidente da AMMA.

Geraldo Junior fez uma avaliação positiva do encontro. “Foi uma reunião bastante positiva, porque nós já termos acesso a alguns dados preliminares do segundo relatório que está sendo construído. E nessa reunião, pudemos apontar certas diretrizes que envolvem aspectos importantes, como as novas áreas de expansão urbana, o tratamento dado pelo município em relação às áreas ribeirinhas ao rio São Francisco, a questão das ocupações que existem nas Agrovilas e as aglomerações urbanas nas áreas de sequeiro”, relatou. Outro tema debatido foi a definição das propostas de divisão territorial, sobre a criação ou não de novos distritos em Petrolina.

Deixe seu comentário