Centro Tecnológico de Beneficiamento do Mel será construído em Petrolina

Valorizando a apicultura no município de Petrolina e movimentando a economia local, o prefeito Julio Lossio assinou, na manhã de hoje (23), no hall de eventos do Gabinete Municipal, a Ordem de Serviço para a reforma do prédio pertencente ao município, localizado no distrito de Capim, onde será implantado o Centro Tecnológico de Beneficiamento do Mel (CTB do Mel).

O CTB do Mel será executado pela Construtora JMT Ltda, de acordo com o contrato n°: 140/2012. O principal objetivo da criação do espaço é potencializar a agricultura familiar e, principalmente, oportunizar que os pequenos produtores possam cultivar o mel industrializado, promovendo a autossustentabilidade.

Para a tesoureira da Associação de Moradores do Capim, Cleidemar Nunes Ribeiro, o espaço irá beneficiar os apicultores locais que tinham a necessidade de desenvolver os trabalhos relativos ao mel e seus derivados. “O Centro valorizará o profissional e trará lucro, oportunizando a movimentação da economia local e o empreendedorismo”, afirmou.

De acordo com o secretário de Irrigação, Clefson Senna, a produção de mel não tinha um valor merecido, devido a falta de espaço e estrutura, realidade que será modificada com o CTB do mel. “No local, serão preservadas e expandidas as espécies de abelhas, utilizadas a polinização de alguns vegetais nativos e agregará valor aos apicultores. É um incentivo que beneficiará mais de 40 famílias de forma direta”, disse.

“Desde o início da campanha avaliamos algumas ações que deveriam ser desenvolvidas em Petrolina. Uma delas foi a psicultura que já está em desenvolvimento através do Banco do Empreendedor e a outra era a apicultura. Com o equipamento que iremos construir no Capim, haverá uma estratégia para melhoramento do mel e valorização do profissional que trabalha diretamente com o produto”, ressaltou o prefeito Julio Lossio.

O Centro Tecnológico de Beneficiamento do Mel terá sala para minicursos com capacidade para 60 alunos, sala de estocagem de mel, sala de recebimento, sala de gerenciamento e uma serraria independente. O local servirá para a extração do mel, do pólen, da própolis, da cera e da geleia real.

Texto: Élida Maria

Foto: Marcizo Ventura

Blog do Banana

Deixe seu comentário