Chega ao fim greve da PM da Bahia

Após 12 dias de paralisação e a menos de uma semana para o carnaval de Salvador, os policiais militares da Bahia decidiram terminar a greve no estado. Um dos pontos cruciais para o fim do movimento era a anistia administrativa dos policiais e bombeiros, mas não a criminal, porque aqueles que cometeram delitos devem responder na Justiça Comum.

A greve da PM da Bahia perdeu força na última quarta-feira (8/2) depois da divulgação de gravações mostrando líderes sindicais negociando atos de vandalismo. Os policiais começaram a retornar ao trabalho no dia seguinte e, segundo o comandante-geral, coronel Alfredo Castro, 85% do efetivo já estavam nas ruas. Ele também informou que os grevistas que insistissem no movimento, a partir de então, teriam o ponto cortado e sofreriam sanções administrativas.

Fonte: Correio Braziliense

Blog do Banana

Deixe seu comentário