Índios da tribo Fulni-ô apresentam-se no próximo domingo em Petrolina

Um grupo de índios da tribo Fulni-ô, oriundos do município de Águas Belas (PE), está em Petrolina, onde realizam apresentações em escolas do município e outros espaços. Um dos espetáculos acontecerá no próximo domingo (29), às 10h, na arena 1 do Parque Josepha Coelho. Essa é a terceira visita consecutiva dos indígenas que cumprem agenda de apresentações da sua cultura em diversos locais da cidade, como escolas públicas e particulares.

Além de danças típicas, na ocasião também serão expostas peças de artesanato como colares, arco e flecha, cocar, entre outras. Todas estarão disponíveis para venda. Para assistir a apresentação, os interessados deverão levar um quilo de alimento não-perecível, que será entregue aos índios e sua tribo. “Mais um ano estamos recebendo a tribo que vem se apresentar em nossa cidade e, ao mesmo tempo, reforçar sua cultura, disseminando-a cada vez mais”, reforçou a coordenadora administrativa do Parque, Emmanoela Sena.

Tribo Fulni-ô

Os índios da tribo Fulni-ô, também conhecidos como Carijó ou Carnijó, vivem em Pernambuco em uma aldeia de 11.500 hectares, localizada a 500 metros da sede da cidade Águas Belas. Sua população é de aproximadamente 3.600 índios e não se conhece o tempo da sua existência.

De origem antiga, Fulni-ô significa “povo da beira do rio” e está relacionado com o rio Fulni-ô que corre ao longo da aldeia de Águas Belas. Bilíngues, vestem-se como os brancos, mas não perderam sua identidade. São os únicos indígenas do Nordeste brasileiro que mantêm viva a sua língua nativa, a Yaathe (ou Yathê) que significa “nossa boca, nossa fala, nossa língua”.

Texto: Juciana Cavalcante

Foto: Emmanoela Sena

Blog do Banana

Deixe seu comentário