Lei de autoria da deputada Dulcicleide Amorim, que amplia atendimento preferencial para pessoas com deficiência e doenças raras, é sancionada

A lei 16.789, de autoria da deputada estadual Dulcicleide Amorim, já está vigorando em todo o estado de Pernambuco. Ela inclui lotéricas e unidades de saúde como estabelecimentos que devem fornecer atendimento prioritário a pessoas com deficiência, mobilidade reduzida, doença grave, doenças raras e autismo. A regra já existia para instituições bancárias, porém a parlamentar atuou para que ela também abarcasse outros estabelecimentos.

Vale salientar que a prioridade no atendimento, a partir de agora, também será um direito dos cuidadores, desde que haja a comprovação desta condição mediante apresentação de documentos específicos.

“Identificamos a necessidade de ampliar o direito ao atendimento preferencial das pessoas com deficiência, autismo, doenças raras e outros cuidados especiais, incluindo também os seus respectivos cuidadores como beneficiários desta determinação. Mais estabelecimentos concederão a prioridade, assegurando mais conforte e qualidade de vida para todos”, afirmou Dulcicleide.

Dulcicleide Amorim está em seu segundo ano de mandato, e já é autora de um significativo número de leis que vigoram em todo o estado de Pernambuco.

Deixe seu comentário