Mulheres policiais da União movimentam-se em prol da sanção do PLP 275/01

imagemApós a Câmara dos Deputados Federais aprovar por 343 votos a 13 e 02 abstenções, o movimento liderado por mulheres policiais, junto ao Congresso Nacional, visando a aprovação do projeto de Lei 275/01, aguardam Sanção da Presidente Dilma.

A Policial Rodoviária Federal, inspetora Lucimar Freitas – Líder Pernambucana e Nacional diz que a sanção da lei é um ato de JUSTIÇA. A nossa constituição, assegura diferença de tempo de serviço entre homens e mulheres. Existe aposentadoria especial para os homens policiais, isso é extremamente justo, pois nossas atividades são de risco de vida. Porém, nós mulheres policiais somos tratadas no que se refere à aposentadoria como se homens fôssemos. A Sanção da Lei será um ato de justiça , corrigindo uma falha que existe desde a constituição de 1988.

Neste domingo, 27 de abril de 2014, o Dep. estadual Adalberto Cavalcanti juntamente com sua esposa Lucia Mariano, prefeita da cidade de Afrânio-PE, deram total apoio ao movimento pró-sanção da lei quando abriram espaço para uma importante agenda com Armando Monteiro, João Paulo, Humberto Costa, Mendonça, Izabel Cristina e Odacy Amorim, para que a Inspetora Lucimar Freitas PRF -PE, reivindicasse junto a  essas lideranças politicas apoio à Sanção do Projeto de Lei 275/01.

Há 13 anos que o clamor por justiça das mulheres policiais da união contido no PLP 275/01, encontrava-se em silencioso abandono. Estamos confiantes e esperançosas de que a presidente Dilma entenda que é uma questão justa e constitucional.

A insp. Lucimar Freitas lembra ainda que o impacto financeiro é mínimo, pouco mais de um por cento, diluído em anos. Somamos apenas 4001 mulheres policias da união. E pouquíssimas já contam com tempo de contribuição para a aposentadoria.

Blog do Banana

Deixe seu comentário