Pesquisa mostra Dilma com 37%, Aécio com 21,6% e Campos, 11,8%

imagemPesquisa do instituto MDA encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada nesta terça-feira (29) mostra que, a menos de seis meses das eleições, a presidente Dilma Rousseff (PT) registrou 37% das intenções de voto e se mantém na liderança da disputa pelo Palácio do Planalto, em um cenário que não inclui pré-candidatos de pequenos partidos. Na pesquisa anterior, feita com o mesmo critério e divulgada em fevereiro, Dilma aparecia com 43,7%, 6,7 pontos percentuais a mais que agora.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) aparece na segunda colocação, com 21,6% das intenções de voto. Em fevereiro, ele tinha 17%. O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) se manteve na terceira colocação, com 11,8% (contra 9,9% na pesquisa anterior).

A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O MDA ouviu 2.002 eleitores entre os dias 20 e 25 de abril, em 137 municípios de 24 unidades da federação. Por ser ano eleitoral, a pesquisa foi registrada sob o número BR00086/2014 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), como determinam as regras eleitorais.

Segundo cenário

Em um cenário com seis pré-candidatos, que inclui nomes de pequenos partidos, o resultado foi o seguinte:

– Dilma Rousseff: 36,5%

– Aécio Neves: 21,5%

– Eduardo Campos: 11,2%

– José Maria Eymael (PSDC): 0,6%

– Levy Fidelix (PRTB): 0,4%

– Randolfe Rodrigues (PSOL): 0,4%

Nesse cenário, 19,2% dos entrevistados afirmaram que votariam em branco ou nulo, e 10,2% disseram que não sabiam ou não responderam.

Terceiro cenário

Em um terceiro cenário, no qual aparecem outros dois possíveis candidatos “nanicos”, o levantamento mostra:

– Dilma Rousseff: 36,4%

– Aécio Neves: 21,2%

– Eduardo Campos: 11,1%

– Magno Malta (PR): 0,6%

– Pastor Everaldo (PSC): 0,4%

– Randolfe Rodrigues (PSOL): 0,4%

– José Maria Eymael (PSDC): 0,4%

– Levy Fidelix (PRTB): 0,3%

Dos eleitores ouvidos nesse cenário, 19% afirmaram que votariam em branco ou nulo, e 10,2% disseram que não sabiam ou não responderam.

Segundo turno

De acordo com os dados da pesquisa do Instituto MDA, em qualquer cenário, há tanto a possibilidade de Dilma vencer no primeiro turno quanto a de ocorrer segundo turno.

Um candidato vence no primeiro turno se obtiver mais votos que a soma dos demais. Apesar de isso ocorrer em todos os cenários, a margem de erro impede qualquer afirmação.

Em um eventual segundo turno com Aécio Neves, Dilma teria 39,2% das intenções de voto, contra 29,3% de Aécio. Dos entrevistados, 22,8% votariam em branco ou nulo e 8,7% disseram não saber ou não responderam.

Contra Eduardo Campos, Dilma teria 41,3% das intenções de voto, contra 24% do ex-governador de Pernambuco. Votariam em branco ou nulo 24,4%, e 10,3% não sabiam ou não responderam.

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados nomes de candidatos aos entrevistados, Dilma lidera com 20,5% das intenções de voto. Aécio Neves aparece na sequência, com 9,3%.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou em terceiro lugar, com 6,5% das intenções, e a ex-senadora Marina Silva, que deve ser vice de Campos pelo PSB, obteve 4,5%. Eduardo Campos apareceu em seguida, com 3,6% das intenções de voto.

Dos entrevistados, 1,4% votaria em outros candidatos, 14,1% votariam em branco ou nulo e 40,1% não sabiam ou não responderam. (G1)

Blog do Banana

Deixe seu comentário