Promotor espanca juíza no carnaval de Porto Seguro

Um escândalo que chocou a Justiça baiana neste fim de semana promete ganhar repercussão nacional nos próximos dias. Trata-se do caso de um promotor que espancou uma juíza de Porto Seguro, município do extremo-sul da Bahia localizado a 707 quilômetros de Salvador.  A juíza da comarca de Caravelas, Nemora de Lima Jannsen dos Santos, de 35 anos, teria sido espancada com socos e pontapés na madrugada desta sexta-feira (24) pelo promotor da Vara Criminal de Porto Seguro, Dioneles Leones Santana Filho, quando participava do Carnaporto, o carnaval prolongado do município – destino turístico internacionalmente conhecido.

No boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Proteção ao Turista de Porto Seguro (Deltur), a magistrada informou que estava em companhia do namorado, o advogado Leonardo Wishart, 27, em um camarote da Arena Axé Moi, quando o agressor se aproximou por trás com um soco que atingiu a sua nuca. Nemora teria ainda caído no chão e ainda recebido diversos chutes na cabeça e em outras partes do corpo. Wishart tentou lutar contra o promotor, mas também foi agredido com socos. O boletim ainda considera que a intenção do promotor era matar.

Informações do Jornal Brasil 247

Blog do Banana

Deixe seu comentário