Banco do Brasil anuncia novas reduções de juros

O Banco do Brasil anunciou nesta sexta-feira (4) mais uma redução nas taxas de juros da instituição financeira. São novas reduções em taxas de juros para pessoa física, lançamento e reformulação de linhas de crédito que contam com garantia de imóveis ou veículos, além de simplificação da portabilidade de crédito.

É um aperfeiçoamento do programa ‘Bom para todos’, um pacote disponível para quem tem conta-salário no BB e aderir ao plano, diz o banco. Com as novas reduções, clientes que aderirem ao pacote não pagarão mais do que 3,94% ao mês em nenhuma modalidade de crédito pessoal, afirma o banco.

Uma das reduções vale para clientes que possuem conta-salário no BB. Os juros do cheque especial foram reduzidos de até 8,31% para 3,94% ao mês, em taxa única. Essa nova taxa vale a partir do dia 10 de maio, afirma o vice-presidente Alexandre Abreu. Os juros para esses clientes já são, desde o início de abrill, de 2,94% ao mês para o rotativo do cartão de crédito e para o parcelamento de dívidas do cheque especial.

Outra redução foi nos juros de linhas de crédito pessoal (CDC automático e CDC renovação), que tinham taxa máxima de 5,79% e terão taxa máxima de 3,94% ao mês.

Veículos e imóveis

Para clientes que não recebem salário pelo banco, a instituição anunciou uma linha de crédito para pessoas físicas com garantia de imóvel próprio, com juros reduzidos de 1,52% a 1,60% ao mês e prazo de pagamento de até 180 meses. Nesse caso, o BB fará uma avaliação do valor do imóvel e a liberação do crédito será em até cinco dias úteis a partir da entrega da documentação, afirma o vice-presidente. A linha será disponível, no entanto, apenas para quem tem renda acima de R$ 6 mil.

Quem não tem imóvel próprio e nem renda inferior a R$ 6 mil, o banco oferece um empréstimo com o veículo usado (com até cinco anos de fabricação) como garantia. Para essa linha, o BB reduziu os juros de 3,20% (taxa média) para 1,58% ao mês (taxa média). Nesse caso, o limite financiável será de até 70% do valor do veículo, com prazo de até 58 meses e liberação imediata do crédito após aprovada a operação, garante o banco.

Essas duas linhas entram em vigor no dia 27 de maio.

3ª redução em um mês

Esta é a terceira redução em um mês. O último corte nas taxas de juros praticadas pelo banco foi anunciado no dia 19 de abril, após a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de reduzir a taxa básica de juros para 9% ao ano. Na ocasião foram reduzidos as taxas mínimas para cheque especial, crédito consignado, financiamento de veículos, entre outras operações.

A instituição diz, ainda, que anunciará uma nova redução de juros na próxima semana, com novidades em fundos de investimento e em linhas de crédito para micro e pequenas empresas.

Lucro do BB recua no 1º trimestre

O Banco do Brasil anunciou ter encerrado o primeiro trimestre de 2012 com lucro líquido de R$ 2,5 bilhões, após ter registrado ganhos de R$ 2,932 bilhões no mesmo período de 2011, queda de 14,7%, conforme dados divulgados pela instituição, em meio a maiores provisões para perdas diante da tendência de aumento da inadimplência. Em relação ao quarto trimestre do ano passado, quando o lucro havia atingido R$ 2,972 bilhões, o recuo foi de 15,8%.

Fonte: G1

Blog do Banana

Deixe seu comentário