Conta de luz fica 5,41% mais cara em Pernambuco

A conta de luz vai subir, em média, 5,41%. O índice do reajuste da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) foi aprovado hoje pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e entra em vigor sobre o que for consumido a partir do dia 30. Dessa vez, não houve diferença entre o impacto médio calculado para a baixa tensão, que envolve os consumidores residenciais, e a alta tensão (indústrias). A nova tarifa atinge 3,2 milhões de unidades consumidoras localizadas em 185 municípios de Pernambuco.

O índice aprovado pela agência ficou um pouco abaixo do que foi pedido pela Celpe, que era de 5,61%. Segundo o diretor da Aneel e relator do processo de reajuste, Romeu Donizete, a diferença entre os percentuais se deve aos valores considerados pela distribuidora para encargos setoriais e para subsídios da tarifa social, que eram mais altos que os considerados pela agência.

Entre os fatores que influenciaram a alta na tarifa dos pernambucanos, está a variação positiva nos índices inflacionários, no período de abril de 2011 a março de 2012. O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) subiu 5,24% e o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), 3,23%. No entanto, o maior peso foi mesmo o aumento de 16,40% dos gastos com a compra de energia nova. A tarifa da Termopernambuco, que responde por 26% dos contratos de energia da Celpe, também foi reajustada em 6,44%.

Fonte: Diario de Pernambuco

Blog do Banana

Deixe seu comentário