Domingo é dia de ir ao “Cultura Livre nas Feiras” de Petrolina

Completando sua primeira fase de execução em Petrolina, o projeto “Cultura Livre nas Feiras” esteve, no último domingo (11), na Feira do Ouro Preto. Realizado pela Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco/FUNDARPE, em parceira com as Secretarias municipais de Cultura e Agricultura, o projeto visa à valorização do conjunto de fazeres e saberes que compõe os mercados populares em todo território pernambucano.

Atraindo pessoas de todas as idades, a contação de histórias de Taty Diniz deu início à programação, possibilitando o contato do público com grandes escritores da literatura brasileira. Com uma linguagem já conhecida pela plateia, a dupla de repentistas Manoel Maurício e Antônio Severo abordaram a vida sertaneja, o centenário do Rei do Baião e o cotidiano das feiras livres. A grande surpresa da manhã ficou por conta da apresentação musical “Acústico Tio Zé Bá”, que trouxe ao palco da feira livre a aproximação do Reggae com ritmos da cultura popular, cantando o cotidiano das periferias e as manifestações culturais da cidade.

Presente no evento, a Secretária de Cultura, Roberta Duarte, aproveitou para lembrar que os artistas que desejam participar do projeto devem procurar a Secretaria de Cultura, atualmente sediada no Museu do Sertão. “Estamos atualizando o Cadastro Cultural de Petrolina, e é a partir destes dados que podemos propor a inserção de artistas locais nas grades de eventos realizadas pelo município e pelo estado, atendendo às demandas dos segmentos artísticos. Desta forma, precisamos que os artistas e grupos artísticos da cidade colaborem com nossa equipe e nos procure de terça à sexta-feira, no período da manhã”, afirmou.

Positivamente avaliada, a primeira etapa de execução do projeto em Petrolina demonstra a riqueza e diversidade cultural da cidade. De acordo com o representante da Fundarpe, João Ricardo, o próximo passo será mapear as feiras, conhecer as pessoas que vivem dela, suas histórias, seus saberes e fazeres, valorizando-as como artistas e produtoras de cultura. A próxima feira contemplada é da Areia Branca, que volta a receber o projeto neste domingo (18), a partir das 8h.

Texto: Quercia Olive

Blog do Banana

Deixe seu comentário