Funcionários do Expresso Cidadão paralisam atividades

Os servidores do Expresso Cidadão em Petrolina comunicou, através de nota, que vão paralisar suas atividades hoje, 12 de abril, em prol da luta pelo recebimento do vale-transporte. Desde 21 de Dezembro de 2011, a lei nº 14.547 em seu Artigo 10, parágrafo 1º, prevê que “Ficam assegurados aos contratados temporários (caso dos atuais servidores) o direito a férias e gratificação natalina,* vale transporte*, diárias e licença maternidade nos termos da Consolidação das Leis de Trabalho – CLT.”

Por direitos contratuais, a partir desta data os servidores do Expresso Cidadão em todo o estado de Pernambuco já deveriam por lei receber todos esses benefícios trabalhistas o que, infelizmente, não é uma realidade. A Gerência do nosso órgão, que está subordinada a Secretaria de Administração foi procurada para prestar esclarecimentos quanto ao atraso do pagamento desse benefício, e as respostas que obtivemos é que o assunto está em pauta e na mesa de negociação junto ao Secretário do Estado, o Sr. José Ricardo Wanderley Dantas.

Já estamos no quarto mês do ano e as respostas continuam as mesmas, revelando uma falta de compromisso do Governo do Estado para com os servidores desse órgão. Essa paralisação também é resultado da insatisfação dos funcionários em questões antigas como o não reajuste salarial, permanecendo o mesmo desde a abertura das instalações do Expresso Cidadão em Petrolina, em junho de 2006. Estamos reivindicando nosso direito! Desta forma, estaremos paralisando o atendimento desta central na data informada, não realizando nenhum tipo de serviço para a população. Todos os servidores comparecerão a unidade de trabalho, mas permanecerão do lado de fora até obterem da gerência de Recife alguma resposta satisfatória, que demonstre uma medida real para atender a nossa reivindicação por parte da Secretaria de Administração.

Fonte: Geraldo José

blog do Banana

 

Deixe seu comentário