Biblioteca Municipal atende 3 mil pessoas por mês

A prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Cultura, vem buscando melhorias para a Biblioteca Municipal Cid Carvalho, que em setembro deste ano celebra 10 anos de existência. A prefeitura vem buscando verbas para revitalizar o local. Através do projeto, elaborado em parceira com a Usina de Projetos, a Biblioteca foi contemplada pelo edital Mais Cultura de Apoio às Bibliotecas Públicas, do Ministério da Cultura (MinC) com uma verba de R$ 112,9 mil, além da contrapartida da prefeitura de R$ 27,5 mil. Porém, o MinC ainda não liberou esse quantitativo.

De acordo com a gestora da biblioteca, Gean Drumond, foi realizado o diagnóstico da situação da Cid Carvalho e, a além da Secretaria de Cultura, as demais pastas estão trabalhando em conjunto para revitalizar esse espaço público. “A prefeitura está lutando pela liberação dessa verba já que a revitalização será um verdadeiro presente, não só para a biblioteca, mas principalmente para a toda comunidade petrolinense”, afirmou.

A Secretaria de Cultura já possui algumas ações em andamento como exemplifica a secretária de Cultura, Roberta Duarte. “Já estamos reforçando a iluminação interna e externa, será implantado um sistema informatizado para que os usuários da Biblioteca possam acessar a lista de referências bibliográficas. Além disso, a biblioteca ganhará mais 10 computadores conectados à internet, impressoras, lousa digital e data-show, que inauguram o novo laboratório de informática”, divulgou a gestora.

Com aproximadamente 16 mil livros e centenas de publicações traduzidas para o Braille, a biblioteca recebe em média três mil frequentadores por mês, que também utilizam o laboratório de informática. A Biblioteca Cid Carvalho funciona de segunda a sexta-feira (das 8h às 22h), aos sábados (de 8h às 18h) e aos domingos (das 8h às 13h).

Programação de aniversário

Em comemoração aos 10 anos da Biblioteca Cid Carvalho, estão programadas diversas ações para o segundo semestre deste ano. Serão realizadas palestras, oficinas, exposições, lançamentos de livros e encontros literários. Além disso, a biblioteca terá um novo modelo de funcionamento, que deve se transformar em um centro cultural com a oferta de cursos e oficinas, cineclubes, saraus, clubes do livro e formação para mediadores de leitura.

Texto: Carol Souza

Foto: Marcizo Ventura

Blog do Banana

Deixe seu comentário