GONZAGA PATRIOTA COBRA FORMAÇÃO DOS MOTORISTAS AINDA NA ESCOLA

O DEPUTADO GONZAGA PATRIOTA (PSB-PE) PROPÔS QUE O PROCESSO DE FORMAÇÃO DE MOTORISTAS NO BRASIL SEJA INICIADO NA ESCOLA. PARA ELE, A INCLUSÃO DE UMA DISCIPLINA ESPECÍFICA SOBRE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO NOS CURRÍCULOS PODERIA CONTRIBUIR DE MANEIRA POSITIVA PARA REDUZIR O NÚMERO DE ACIDENTES.

“OS VEÍCULOS PRECISAM SER VISTOS NÃO SÓ COMO UM MEIO DE TRANSPORTE, MAS TAMBÉM COMO UMA ARMA QUE, QUANDO USADA INCORRETAMENTE, PODE TIRAR VIDAS”, AFIRMOU.

COMO EX-SECRETÁRIO NACIONAL DE TRÂNSITO DO GOVERNO ITAMAR FRANCO, E MOTOCICLISTA, O DEPUTADO DESTACOU OS AVANÇOS DO ATUAL CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO (CTB).

“NAQUELA ÉPOCA, EM 1997, CERCA DE 50 MIL PESSOAS MORRERAM EM DECORRÊNCIA DE ACIDENTES DE TRÂNSITO”, DISSE. “HOJE ESTAMOS COM APROXIMADAMENTE 40 MILHÕES DE VEÍCULOS, CERCA DE 8 MILHÕES DE MOTOS, E, MESMO ASSIM, O NÚMERO DE MORTES REGISTRADO ANO PASSADO CAIU PARA 32 MIL”, INFORMOU O DEPUTADO, QUE SE DISSE FAVORÁVEL ÀS ALTERAÇÕES QUE TORNARAM AS PENAS MAIS RIGOROSAS.

GONZAGA PATRIOTA COBROU AINDA MELHORIAS NA FISCALIZAÇÃO. ELE SUGERIU AMPLIAR O EFETIVO DA POLÍCIA RODOVIÁRIA DOS ATUAIS 10 MIL PARA PELO MENOS 20 MIL POLICIAIS. O DEPUTADO TAMBÉM SUGERIU A INVENÇÃO DE UM EQUIPAMENTO PARA SUBSTITUIR OS BAFÔMETROS E QUE SEJA CAPAZ DE DETECTAR A DISTÂNCIA O NÍVEL DE EMBRIAGUEZ DO MOTORISTA.

Blog do Banana

Deixe seu comentário