Programa Projovem Urbano de Petrolina segue com inscrições abertas até o final de abril

Oportunizar que jovens com idades entre 18 a 29 anos concluam o Ensino Fundamental é o principal objetivo do Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Projovem Urbano, do Ministério da Educação (MEC). A Secretaria Municipal de Educação de Petrolina enviou o plano de ação e foi contemplada com 750 vagas. As inscrições estão abertas desde 19 de março e seguem até o dia 30 de abril nos cinco núcleos escolares: Escola Municipal Luiza de Castro, Jacob Ferreira, Nossa Senhora Rainha dos Anjos (Caic), Santa Terezinha e Odete Sampaio.

Para participar do programa é necessário que o jovem saiba ler e escrever, mas que não tenha concluído o Ensino Fundamental. Além da elevação da escolaridade, a ação proporcionará a qualificação profissional realizada através do arco ocupacional do curso de informática e o desenvolvimento de ações comunitárias com o exercício da cidadania, conforme previsto no Artigo 81 da Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Outro benefício é uma bolsa de R$ 100,00 para os alunos que possuam no mínimo 75% de frequência escolar.

Para se matricular, os interessados devem seguir até uma das cinco unidades escolares e levar cópias de RG, CPF, comprovante de residência e de escolaridade. Caso o jovem não possua nenhum documento que comprove o grau de escolaridade, será realizado pelo MEC um teste comprobatório de alfabetização, sendo este um dos critérios para inserção no programa.

“O Projovem é mais uma conquista do município, fortalecendo a Política Pública no campo da educação e será um instrumento de inclusão e cidadania, trazendo oportunidade de geração de renda e trabalho para aqueles que atuarão no Programa como educadores. Estamos muito satisfeitos por essa conquista”, afirmou a Secretária de Educação, Célia Regina Carvalho.

Petrolina foi um dos municípios do sertão pernambucano que obteve um dos maiores números de vagas oferecidas. A ação terá 18 meses de duração e as aulas estão previstas para iniciar no dia 07 de maio.

“O Projovem Urbano é mais uma opção no âmbito da oferta da Educação de Jovens e Adultos e deve ser visto como parte de um processo contínuo de educação. É uma oportunidade para que o jovem, excluído do processo educacional, do mundo do trabalho e da sociedade, conclua o Ensino Fundamental e ingresse no Ensino Médio e ainda possua capacitação profissional na área de informática. Convido a todos que ainda não efetivaram sua matrícula para que procurem os cinco núcleos localizados nas escolas municipais de Petrolina”, disse a coordenadora do Projovem Urbano, Paloma Mangabeira.

Texto: Élida Maria

Deixe seu comentário