Senado aprova projeto que dá ao concurseiro direito a folga em dia de prova

Obrigada a conviver com altos encargos tributários e bancar diversos benefícios trabalhistas, as empresas brasileiras correm o risco de ter que arcar com mais um peso sobre a folha salarial.

Um projeto aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal permitirá a qualquer trabalhador se ausentar por até oito horas mensais para realizar provas de concursos públicos ou de instituições educacionais. Se confirmado em caráter terminativo, o texto vai alterar a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Inicialmente, o projeto, votado na última quarta-feira, previa a possibilidade de ausência do trabalhador caso fosse comprovada a matrícula em algum estabelecimento de ensino regular. A mudança amplia o benefício para todos os empregados que desejem participar de uma seleção pública.

Caso nenhum senador apresente recurso, o texto nem chegará a ser votado no plenário da Casa, indo direto para análise da Câmara dos Deputados.

Fonte: Blog  Folha.com

Blog do Banana

Deixe seu comentário