Sindsemp discute com Associação dos ASG plano de cargo e carreira

11214329_1542022846088135_4670259452731754154_nSindsemp inicia discussão do Plano de cargo e carreira dos auxiliares de serviços gerais de Petrolina. A diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) se reuniu no início desta semana, com membros da Associação de Serviços Gerais para discutir um Plano de Cargo e Carreira e a definição da nomenclatura da categoria, já que o cargo foi extinto no município.

Os auxiliares de serviços gerais propõem a renomeação da carreira. O sindicato agora quer a manutenção dos direitos trabalhistas da categoria, fazendo valer as leis já existentes, com a prospecção de avaliar o bojo salarial para 2016. No encontro, também foram amplamente discutidas as propostas para a melhoria das condições de trabalho.

Como representante legal das associações em Petrolina, o Sindsemp traçará um planejamento para levar a mesa de negociação as propostas para o Executivo Municipal. As discussões devem progredir para inclusão do Plano de Cargo e Carreira (PCC) da categoria à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do próximo ano.

De acordo com o diretor de Saúde do Trabalhador, Didi, na primeira reunião já foram constatados avanços. “Vamos buscar em consonância com o Executivo atender as reivindicações dos ASG’s, fazendo com que a categoria não saia prejudicada”, relatou.

 A presidente da Associação dos ASG’s, Rosicleide Soares, resumiu o encontro como positivo. “O presidente do sindicato tem demonstrado disposição para resolver os nossos problemas, principalmente dos auxiliares de serviços gerais que tiveram seus cargos desviados de funções há muitos anos, essa é uma batalha antiga. Queremos esse acolhimento, e Walber Lins está tendo esse empenho”, pontuou.

Atualmente, são 683 auxiliares de serviços gerais servindo ao município, destes, segundo a presidente da associação, 90% estão desviados de suas funções. (Ascom Sindsemp)

Deixe seu comentário