Trabalho da Secretaria de Ordem Pública garante calçadas livres para os pedestres de Petrolina

O trabalho da Prefeitura de Petrolina, por meio da secretaria de Ordem Pública, vem desocupando as calçadas do Centro da Cidade. Antes, não era respeitado o direito de locomoção dos pedestres. Hoje, com a transferência de grande parte dos ambulantes para o mercado turístico e para outros pontos reservados para esta finalidade, as vias públicas estão sendo utilizadas de acordo com a sua real finalidade.

Diariamente, os fiscais do Núcleo de Operações Urbanas da Ordem Pública fazem algumas rondas no Centro para evitar que as calçadas voltem a ser ocupadas de forma indevida. Durante essas incursões, os ambulante que estão de forma irregular são orientados pelos fiscais para que desobstruam a via pública. “Uma das atribuições da secretaria de Ordem Pública é garantir que as pessoas possam andar livremente pelas calçadas da cidade”, destaca o secretário Marcello Cavalcanti .

O coordenador do Núcleo de Operações Urbanas, Jenivaldo Santos, explica a importância do trabalho desenvolvido pela equipe de fiscais. “Eu me recordo do embaraço que existia nas calçadas. Hoje, podemos observar que o passeio público foi devolvido à população, para que fosse utilizado de acordo com a sua verdadeira destinação. Um dos grandes desafios encarado por nós era desocupar as ruas e mantê-las livres para os pedestres. Com muito trabalho estamos conseguindo”, destaca.

Acostumado a andar pelo Centro, o policial militar, Robson Patrício, aponta as mudanças que ocorreram no local após o trabalho da secretaria de ordem pública. ” Antigamente era muito complicada andar pelas calças, tínhamos que disputar o espaço com as bancas dos ambulantes. O jeito era andar pela pista. Agora ficou mais simples, o pedestre pode andar pelo passeio, sem barreiras”, avalia.

Para devolver as calçadas aos pedestres e garantir mais qualidade de trabalho para os ambulantes, a Prefeitura inaugurou em dezembro do ano passado o Mercado Turístico Jonas Amaro Ferreira, com 196 boxes, que comercializam roupas, acessórios, variedades e alimentos, além de oferecer um espaço coberto, com qualidade e segurança, beneficiando boa parte destes profissionais. Os comerciantes que haviam sido cadastrados pela Prefeitura e não conseguiram boxes no Mercado Turístico serão transferidos para um novo espaço, na travessa Padre Fraga, que está em fase de conclusão.

Texto e fotos: Emerson Rocha

Blog do Banana

Deixe seu comentário